16 março, 2010

0 Pecado e castigo - João Calvino



Mui profundamente se corromperam, como nos dias de Gibeá. O Senhor se lembrará das suas injustiças e castigará os pecados deles. Os 9.9

Neste versículo, Oséias declara que o povo estava tão mergulhado nos próprios vícios que não poderia ser puxado para fora deles. Aquele que caiu pode se levantar, se alguém lhe estender a mão; o que luta para sair do lamaçal pisará de novo em terra firme, se achar quem o socorra. Mas não há esperança de resgate para quem é lançado na voragem. Estendo minhas mãos inutilmente àquele que submerge num naufrágio e é tragado por imenso redemoinho. Portanto, aprendamos a nos reerguer, mas antes prestemos atenção quando o profeta diz que os israelitas estavam profundamente submersos, porque é preciso estar cheios de desprezo por Deus para afundar desse jeito. Assim, estimulemo-nos dia a dia ao arrependimento e conservemo-nos zelosamente alertas para não cairmos nesse sorvedouro colossal. Saibamos que muito se enganam os indulgentes consigo mesmos, enquanto o Senhor suportar-lhes misericordiosamente os pecados, pois embora ele reprima o seu desprazer por um tempo, no instante oportuno se lembrará deles e manifestará isso infligindo-lhes o justo castigo.

Oração

Concede, ó Deus onipotente, que, assim como refulgiste em nós pela tua Palavra, não sejamos cegos ao meio-dia nem busquemos voluntariamente as trevas, para assim induzirmos nossa mente a dormir. Antes sejamos despertados diariamente pelas tuas palavras e nos estimulemos mais e mais a temer o teu nome, para oferecermos a ti como sacrifício, tanto nós mesmos como todos os nossos anseios, de maneira que nos governes em paz e habites perpetuamente em nós, até que sejamos recolhidos à tua habitação celestial, onde nos estão reservados repouso e glória eternos, mediante Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.

Devotions and prayers of John Calvin, 52 one-page devotions with selected prayers on facing pages.

Org. Charles E. Edwards. Old Paths Gospel Press. S/d. Pags. 20 e 21. Tradução: Marcos Vasconcelos, junho/2009.mjsvasconcelos@gmail.com


0 comentários:

Feeds Comments

Related Posts with Thumbnails